Reprodução/Internet

A partir das 6 horas desta sexta-feira, 21/12, a Vara de Execuções Criminais vai liberar 1.538 presos na região de São José do Rio Preto. Será a primeira vez em dois anos que parte dos detentos vão para as ruas com tornozeleiras, mas o índice não atinge 10% do total. Apenas 104 terão os passos acompanhados em tempo real.

Foi autorizada a saída de 1.490 homens do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) e 48 mulheres do Centro de Ressocialização Feminina (CRF). Todas as mulheres sairão com a tornozeleira eletrônica. Entre os homens, 54 serão monitorados com o dispositivo.

Por meio da tornozeleira, a SAP - Secretaria de Administração Penitenciária - poderá monitorar, em tempo real, se o detento beneficiado pela saidinha está cumprindo todas as restrições, como não frequentar bares, eventos de grandes proporções e não se ausentar de casa após as 22h, além de estar proibido de viajar sem autorização judicial.

Recomendadas para você