Reprodução/Internet/Votunews

Faleceu no início da noite desta terça-feira, dia 25/12, feriado de Natal, o agente penitenciário do Centro de Detenção Provisória de Riolândia (CDP) Marcelo de Oliveira Paulino, mais conhecido como Muralha. Ele foi encontrado sem vida dentro de sua própria casa, no bairro Vila Nova, perto do Velório de Votuporanga.

As primeiras informações são de que se trata de um suicídio, ele teria tirado a sua própria vida com um tiro no peito, mas o caso é investigado pela Polícia.

Neste momento, Polícia e Perícia Técnica estão no local em busca de pistas. Agora uma pergunta não consegue calar: Terá sido coincidência? Há menos de duas semanas outro agente penitenciário, Roberson Morroni, 45 anos, também cometeu suicídio. Ele foi encontrado no dia 13/12, uma quinta-feira, na prainha da cidade, com um tiro na cabeça.


Na época, a polícia foi chamada e fez a perícia do local. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Foi detectado que arma do disparo foi de calibre 22.

Roberson trabalhava na Penitenciária de Riolândia como Diretor de Disciplina da Unidade, e após tirar férias e licença prêmio, quando retornou ao trabalho, foi diretamente trabalhar no CDP de Riolândia, Unidade que fica ao lado da Penitenciária.

Infelizmente a verdade nua e crua é que temos que esperar para saber os resultado formais da investigação. Enquanto isso não acontece, cuidado até com sua sombra.

 

Recomendadas para você