Reprodução Internet

Na manhã desta sexta-feira, 01/01/2021, os prefeitos em todo o Brasil tomaram posse, mas em Votuporanga uma atitude arbitrária chamou a atenção de todos e está sendo comentada até agora: o novo presidente da Câmara Municipal, Sérgio Adriano Pereira, conhecido como Serginho da Farmácia, impediu que o ex prefeito João Dado fizesse uso da palavra, apesar de estar incluído no protocolo do cerimonial. É fácil ver no vídeo da cerimônia, que João Dado chama Serginho de lado 3 vezes tentando uma abertura, mas o presidente foi intransigente.

Algumas pessoas até disseram que João Dado se sentiu ofendido e saiu antes de terminar a sessão. Porém o vídeo da transmissão é muito claro e mostra o ex prefeito deixando a mesa diretora somente após a fala do atual prefeito, Jorge Seba, que durou 8 minutos e 45 segundos. João Dado repassou para a imprensa uma nota, neste sábado, seguida por um vídeo, mostrando como seria o seu discurso, que dá menos de 6 minutos.

Quando a situação acontece e o mal estar geral se instala, o vereador veterano Jurandir Benedito da Silva, o Jura do PT, pede um aparte, citando "questão de ordem" e diz que "a situação o deixou indignado porque o ex prefeito não pôde fazer uso da palavras de forma democrática e que o presidente da Câmara não teve habilidade política para conduzir a sessão protocolar.

Ficou muito feio, soou muito mal para Serginho, sua atitude parcial. Ele se justificou dizendo que "ficou sabendo que o ex prefeito faria uma prestação de contas e que o discurso iria se alongar, e colocou um espaço em outra sessão ordinária da câmara para que o ex prefeito faça uso da palavra". Será a vaidade do poder? Já? Mas cá entre nós, em outra situação o discurso não tem mais sentido, perde o prazo.

Tudo isso acontece durante e depois que o atual prefeito Jorge Seba, gentilmente agradece Dado "pela forma democrática, republicana e transparente que foi realizada a transmissão de cargo.

O prefeito João Dado publicou uma nota e um vídeo hoje. Confira:

"Prezados Amigos e Amigas, é FALSA a notícia do jornal A Cidade, divulgada hoje, de que eu teria saído do plenário da Câmara durante o discurso de Jorge Seba, durante a sessão de transmissão do cargo de Prefeito Municipal. Pela medida arbitrária e contrária à prática histórica , de negar o nosso discurso de encerramento do mandato, aguardei respeitosamente que o Prefeito Seba concluísse o seu discurso, após o que a cerimônia estava concluída, aplaudi alguns dos conceitos ali contidos, e me retirei em companhia de minha Esposa. Enviarei vídeo com o discurso que faria naquela ocasião, em homenagem à transparência e prática da legalidade que sempre nortearam e nortearão as minha ações. Fraterno abraço a todos. João Dado."

Abaixo acesse o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=jDxQxjLCzU4&ab&ab_channel=JaneteMeireRibeiroCipriano

Recomendadas para você