Reprodução Internet

Na manhã desta sexta-feira, 26/02, aconteceu uma reunião envolvendo as Secretarias da Educação, da Saúde, o prefeito Jorge Seba e a Câmara Municipal. O motivo foi a volta às aulas presenciais nas 31 escolas municipais que estava marcada para a próxima segunda-feira 01/03. O retorno foi adiado por causa do atual cenário da pandemia. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial Eletrônico desta sexta-feira.

Segundo dados apresentados pela Secretária da Saúde, Ivonete Félix, não há mais leitos de UTI Covid em Votuporanga e também em toda a região de São José do Rio Preto. Os números preocuparam as autoridades que decidiram por manter as aulas nas escolas municipais em formato remoto.

Eliana Batista, designer de sobrancelha, disse que estava preocupada com a filha Emily, de 8 anos, que teria que voltar às aulas semana que vem. O motivo principal da apreensão também era a falta de leitos e os altos números da pandemia no Brasil.

Segundo o secretário da Educação, Marcelo Batista, mesmo com o adiamento do retorno às aulas presenciais, os profissionais da Educação cumprirão jornada completa presencialmente nas unidades escolares para dinamizar o processo e melhorar a rotina da aplicabilidade da estratégia do ensino remoto.

Ele disse que o município fará nova análise no dia 12 de março para definir a futura data de retorno presencial. Desta forma, as aulas seguem no formato remoto, assim como já vem ocorrendo desde 1º de fevereiro com gravação de videoaulas e envio de atividades.

 

Recomendadas para você


Principais do dia