Reprodução Internet

A Justiça vai liberar 1.737 detentos da região de Rio Preto nesta terça-feira, 14/09, quando começa a terceira saída temporária do ano. A maior parte do presos (1.572) sairá do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto. Todos devem retornar até o dia 20 de setembro.

Segundo informações da Justiça, serão liberados 49 presos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Riolândia, 32 da penitenciária da mesma cidade, 40 detentos do CDP de Icém e um preso do CDP de Paulo de Faria. Também serão liberadas 43 mulheres presas no Centro de Ressocialização Feminina (CRF) de Rio Preto.

A lista dos presos beneficiados pela saída temporária foi enviada para a Justiça pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Só ganham os sete dias de liberdade os detentos que não cometeram falta grave nos últimos 12 meses. O benefício havia sido suspenso em março de 2020, por causa da pandemia do coronavírus, mas foi retomado desde o Natal do ano passado.

A saída temporária faz parte do programa judicial de ressocialização gradual dos presos em regime semiaberto, até que seja concedida a liberdade condicional. Durante os sete dias, os detentos são proibidos de frequentar festas e sair de casa no período noturno. Caso os beneficiados não retornem na data marcada, são considerados foragidos e, ao voltar ao presídio, perdem o direito ao regime semiaberto.

Recomendadas para você